12 de mar de 2009

Em busca da coca cola perdida – Uma pescaria divertida -Parte I

Essa é uma de minhas melhores aventuras de pesca, não pelos peixes pegados (que foram muito poucos e pequenos), mas pela quantidade de histórias que me rendeu rsrss. Terei que dividir esta história em três partes para poder detalhar melhor os fatos. Março de 2008, primeira semana após o término da piracema, eu e mais 4 amigos combinamos de ir pescar. Fique bem atento aos detalhes senão você irá ficar perdido hehehe. Saímos de cuiabá as 5 da matina, um de meus amigos, o Lauro (guarde bem esse nome, será crucial para o desfeixo da história) me avisou que iria mais tarde devido a alguns problemas e que deveríamos seguir caminho que ele nos encontrava lá. Ao chegar em Santo Antônio próximo ao rio Aricazinho, nosso local de pesca, logo de início tivemos uma prévia de que nosso dia seria umS6300222a aventura, atolamos!! Depois de muita briga para tirar o carro (aproximadamente 1h) a vontade de pescar era tanta que decidimos continuar.  Ao analisar o caminho vimos que de carro não dava para continuar pois atolaríamos denovo. Em uma de minhas brilhantes idéias lembrei, eu que ja estive no local disse que podíamos deixar o carro ali e ir andando porque estávamos a aproximadamente 200 metros do local de pesca. Diante de tão pequena distância todos concordaram em continuar a pé. Só ocorreu um problema, cometi um pequeno erro de cálculo rsrs, a distância ao invés de 200m na verdade era uns 2000m ou 2km(um zerinho a mais somente) e nos rendeu uma árdua caminhada de aproximadamente 25min. Ja estavam todos querendo me matar a uma altura dessas, o rio estava tão cheio que invadia a estrada, boa parte da caminhada passamos com água na cintura, outra tentando se equilibrar na lama de argila e carregando uns 10kg de equipamentos, tudo isso pelo amor a pescaria. Ao chegar no local de pesca a revolta, o rio estava muito cheio, praticamente não havia margens para pescar, e muito menos peixes. Pegamos somente lambaris, algumas pequenas piavas e piranhas. Pelo menos a beleza da natureza do local era confortante, estava tudo extremamente verde, o céu repleto de nuvens e o rio apesar de cheio estava bem limpo...S63004451

Mas logo ocorreu um problema, após algumas horas começou a chover, e como estávamos praticamente em uma ilha e o nível do rio poderia aumentar ficando perigoso decidimos bater em retirada e fazer todo o caminho de volta. E é aí que começa a segunda parte de nossa aventura, não deixem de ler a segunda parte desta história, ainda tem muita coisa para se contar hehehe.

TO BE CONTINUED...

Nenhum comentário:

Postar um comentário